Longevidade

Longevidade – qual o segredo?

A longevidade, tema do Festival 2019, é sempre tema em rodas de conversas. A busca por uma vida mais longa é parte do projeto de futuro de todas as culturas, desde os povos antigos até a atualidade. A busca do elixir da vida, eternizados na literatura, histórias em quadrinhos e cinema, ainda persiste, com os elementos de alta tecnologia não apenas para aumentar a expectativa de vida, mas para melhorar a qualidade de vida.

Ter uma vida mais longa e saudável é uma discussão essencial para a maioria dos países, dentre eles o Brasil, que hoje tem a quinta maior população de idosos do mundo. Assim, a agenda nacional do Ministério da Saúde brasileiro inclui diversas iniciativas de promoção de políticas públicas para a prevenção e bem-estar da população idosa.

Educação, saúde, melhoria de condições médicas-sanitárias, alimentação e cultura, dentre outros, são os pilares que aumentam a expectativa de vida de um povo. Assim é a experiência que vem do outro lado do planeta, do Japão. Após a destruição desencadeada pela guerra e pelo poderio das armas atômicas, há mais de 70 anos, foi estabelecido um plano nacional de reconstrução. A nação arregaçou as mangas e se reinventou, para se tornar uma das maiores potências mundiais.

É nesse país, com espírito de propósito e determinação, que se encontra hoje a maior média de expectativa de vida do mundo. De lá, vêm histórias e dicas para uma vida longa e saudável.

Visitando o Japão através do tema longevidade:

A reverência aos SETE DEUSES DE BOA SORTE, chamada de Shichi Fukujin (七福神), faz parte da tradição xintoísta, da mitologia e folclore japonês. Ela é mantida até hoje, sobretudo nas celebrações de ano novo. Dentre os sete deuses, encontra-se o Deus da Longevidade e Felicidade, Juroujin (ou Gama), representado por um ancião de longa barba branca e cabeça careca e comprida. Carregando um cajado com uma inscrição que simboliza o segredo da longevidade, ele é sempre acompanhado pelos animais que são símbolo da longevidade no país: as garças, os veados e as tartarugas. A longevidade é representada também pela divindade Fukurokuju, Deus da Sabedoria e Riqueza. A escrita de seu nome pode ser traduzida pela junção de três palavras: felicidade (fuku), riqueza (roku) e longevidade (ju).

Cada país tem sua própria cultura e segredos acerca da longevidade, mas sempre podemos aprender mais com os outros. Vamos as dicas que vêm do país do sol nascente.

1

Sentir-se respeitado e valorizado são essenciais para construir uma vida longa, saudável e feliz.

Como um bem precioso, a longevidade e a sabedoria vêm das tradições espirituais e de seus costumes. Por isso, o país reconhece os frutos do conhecimento através das experiências de vida, o que o tornou uma referência internacional no tratamento respeitoso para com os mais velhos. De forma subjetiva, a riqueza atribuída ao deus da sabedoria refere-se às lições adquiridas ao longo da existência.

2

O que comer, a quantidade e o modo de se alimentar.

Acredita-se que a longevidade do povo japonês se deva à dieta rica em peixes, derivados da soja, como tofu e missô, e diversos pratos assados ou cozidos. A dieta balanceada de proteína e carboidratos sabidamente é um dos fatores de longevidade. Mas a sabedoria oriental nos traz um antigo segredo, o "hara hachi bu", que defende a ideia de que devemos preencher somente 80% da capacidade do estômago. E sem pressa.

3

Movimente-se

Exercícios físicos diários são prática comuns para os japoneses. Muito difundida, a "radiocalistenia", uma rotina quase nacional transmitida pela rádio e pela televisão desde 1928. A calistenia é a prática de alguns exercícios utilizando a força corporal, método que também auxilia na desenvoltura de uma musculatura mais forte, ágil e resistente. Manter a mente ocupada é também essencial para se manter saudável. Leitura, trabalho e hobbies como pesca ou jardinagem são alguns dos exemplos de atividades feitos pelos japoneses.

4

Cultive sua vida interior, conheça a si próprio e mantenha um propósito para viver.

É da região de Okinawa, conhecida como a "terra dos imortais" (a população de lá vive ainda mais do que a longeva média nacional do país), onde são realizados muitos dos estudos sobre longevidade. De Okinawa, vem o termo "Ikigai", utilizado pelos locais para explicar o segredo da longevidade.

Segundo o neurocientista japonês Ken Mogi, autor do livro "Os cinco passos para encontrar seu propósito de vida e ser mais feliz", ikigai significa a razão de viver e o motivo que alguém tem para acordar todos os dias. A beleza do ikigai é ser algo muito pessoal. Ele não é algo dado a você de forma passiva, mas algo que precisa ser descoberto individualmente. Cada um deve explorar sua mente e cultivar seu ikigai.

5

Cultive amizades, cuide da família.

Manter um círculo de amizades saudáveis, com companheiros para conversar, passear e desenvolver atividades coletivamente é fundamental. Manter contato diariamente com familiares, filhos e netos também cria o sentido de pertencimento e uma razão para viver.

6

Educação e cultura são pilares de uma sociedade que valoriza a vida.

A longevidade é uma prática pessoal, mas no Japão é um projeto de toda nação. O país busca, assim, oferecer acesso a educação, saúde e cultura à sua população.

7

A resiliência

O país, que convive com tantos desastres naturais, reconhece que tudo é parte da vida. Tudo o que acontece precisa ser aceito, e os obstáculos precisam ser ultrapassados da melhor forma possível. Alguns dos longevos conheceram a guerra, a fome e a destruição de suas casas, de sua cidade, e se puseram a reconstruir tudo novamente.

A longevidade, uma construção simples e duradora.

Você já pensou em como estará daqui a alguns anos? A longevidade é um tema instigante e sempre existirão muitas teses a respeito, com experimentos novos e aprimoramento tecnológico para prolongar a vida.

Mas, em essência, as respostas são simples: alimentar corpo e alma,cultivar o respeito e cuidado entre os pares e manter sempre corpo e mente em movimento. Busque seu ikigai e se concentre em sua capacidade de se reinventar e superar a todo instante!

Como diz um conhecido provérbio japonês, “senri no michi mo ippo kara”, ou “uma jornada de mil milhas começa com o primeiro passo” (千里の道も一歩から). Mesmo que o caminho seja longo, não desista no meio do caminho.

E que os Deuses da sabedoria e da longevidade possam nos guiar sempre!

OS SETES DEUSES DA BOA SORTE
*Pintura colaborativa de Hokusai Katsushika 葛飾北斎 (1760-1849), Utagawa Kunisada 歌川 国貞 (1786-1865), Utagawa Toyokuni 豊国 (1769-1825), Torii Kiyonaga 鳥居清長 1752-1815) e outros.

FONTE

Made in Japan (site) - Quem são os Sete Deuses da Sorte

Campo Grande News - O método japonês para viver bem

Saúde é vital – Especial Longevidade

BBC – NEWS BRASIL – O que é o ikigai, o segredo japonês para uma vida longa e saudável

OBSERVADOR - Para os japoneses é normal viver 100 anos (e ultrapassá-los). Qual é o segredo?

Viva a Longevidade – Cinco segredos dos japoneses para viver além dos 100 anos.